quinta-feira, 11 de setembro de 2014

Teoria da Comunicação: Parte I

"Quem tem boca vaia Roma!"

Entre ditos e não ditos; um dos maiores problemas do mundo moderno, no Brasil, é a comunicação! Na verdade a falta dela!
Na verdade ainda, a impossibilidade de haver alguma comunicação!
Analisando a fundo o problema e entendendo bem os estudos da "teoria da comunicação":
Só há comunicação se todos os elementos estiverem em perfeito estado, funcionando!

Portanto:

Observando e analisando esquema encontramos o X da questão!

Canal = meio de comunicação/ instrumento/ veículo / operadora

 
  E, então, tentamos estabelecer a comunicação por meio de alguns "veículos" - operadoras de telefonia


... Ahhhhhhhhhhhhhhhhhh!!!!!!!



Bom, às vezes me pergunto se é só comigo, será meu aparelho, ou pra quem estou ligando?! --- entendam o que está acontecendo:
  • Tentativa 1: digito número, coloco o telefone no ouvido e aguardo... zzzzzz... quando me dou conta a ligação foi encerrada mesmo antes de chamar.  Logo, 2°, 3°, 4° tentativas e, nada!
  • Desligo e ligo novamente o dispositivo, ligo para outras pessoas - hoje precisei ligar para emergência - nada!

  • Ligo para a própria operadora (morta)! Quando não fico meia  hora, no mínimo, em ESPERA - pensam que não temos o que fazer  e admiro quem tem essa paciência - incrivelmente, também não tem sinal.
 Por fim, a paciência se esgotou!

Aí vai um canal para reclamações que promete resolver:


É o canal da ANATEL, agência "competente" que fiscaliza, organiza, regulamenta, o desenvolvimento das telecomunicações brasileiras.


 Se este não funcionar... hummmm: