quarta-feira, 14 de setembro de 2011

Etecs têm desempenho acima da média nacional no Enem


A média de desempenho das Escolas Técnicas Estaduais (Etecs) na edição 2010 do Exame Nacional do Ensino Médio (2010) foi de 594,91 pontos, muito superior à média nacional, de 511 pontos. De todas as 129 Etecs que participaram do Enem, 119 ficaram acima da média, ou seja, 92% tiveram desempenho superior.
Parabéns a todos os professores das Etecs pelo bom desempenho.
Isso tudo, mostra o quanto a educação, o ensino, provavelmente, está melhorando. Pelo menos nas escolas técnicas. Mostra o quanto se trabalha por amor, por valorizar o que faz e valorizar aqueles que um dia vão cuidar do nosso país. 
E parabéns também aos alunos que se dedicaram, e deram duro danado, pois, representam instituições e  principalmente querem um lugar ao "sol".
Por outro lado; todo esse trabalho de quem fez por merecer será mais uma vez slogan, anúncio, propaganda - chame como quiser - de partidos políticos (como há anos PSDB) está fazendo. Daí a sociedade paulistana acha uma maravilha e lá vai mais quatro anos de ilusão. 
Valorização daqueles que são os verdadeiros responsáveis por todo este trabalho?!
Que nada! Amargam seus 11% de reajuste depois de 5 anos (R$11,10 - obs que até o presente momento não veio) por aula, um vale refeição de R$ 4,00 por dia e só! 
E prá piorar, ouvir de nosso governador, entrevista com Jô Soares no dia 30 de agosto, que não há greve em SP, que está tudo maravilhoso!
Quando a sociedade irá acordar? Pergunto-me todos os dias!
Mas tudo isso também é reflexo da nossa Educação - alisás, pela falta de educação -, que nossos jovens não saem mais às ruas, não lutam pelo coletivo (tornaram-se individualistas), não desgrudam a bunda da cadeira, porque seus pais e professores também não o fazem. Foi o tempo em que a população partia às ruas de SP e brigava literalmente pela educação (governo de Mário Covas, PSDB, só pra variar).
Infelizmente, há algum tempo a educação e os professores formaram jovens acomodados, conformistas.

Já dizia Raul: "Falta de cultura pra cuspir na estrutura!"