sexta-feira, 9 de dezembro de 2011

Mais estados, mais Brasil?!

A divisão do Estado do Pará, em mais dois Estados (Tapajós e Carajás),  traz a participação da população nesta grande discussão.
E salve a democracia, pelo menos nisso ela está sendo respeitada.
Uma discussão que deve ser bem longa e muito bem planejada, pois há inúmeras indagações. Estes dois estados terão condições de tal independência, segundo pesquisas noticiadas, não!  Não há infraestrutura, esta divisão traria mais problemas, a União deverá contribuir, subsidiar todo esta transição de poder.
Em contrapartida, todos os problemas vividos pela populacão de Carajás e Tapajós, como por exemplo, falta de saneamento básico, hospitais, educação, emprego, entre outros, deve-se a centralização de investimentos, ou seja, tudo que era arrecadado no estado do Pará, era praticamente revertido a capital, Belém.
Talvez esta divisão seja uma forma de levar mais investimentos a estas regiões, Carajás e Tapajós.
Porém, o Brasil terá mais "cadeiras" para que o dinheiro púbico tenha um destino muito incerto. Mais estados, mais governadores, senadores, deputados, secretários, vice  isto, vice aquilo, suplentes, suplentes dos suplentes, etc.