segunda-feira, 12 de março de 2012

Chuva de Verão!

Passagem do governador do Estado de SP, Geraldo Alckmin (PSDB), pelo interior paulista foi um tanto... interessante (interessante com ênfase de aluno do 3 º ano - não queira entender, piada interna). Dados curiosos reclamados em matérias de jornais:
Chamada de um dos principais jornais da região: "Governador passa por Tatuí e Boituva para entregar obras"
Ano eleitoral é isso aí... vai chover inauguração!
Fato curioso que o governador deixou Sorocaba por volta das 12h e seguiu para Tatuí, onde inaugurou a nova maternidade da Santa Casa, entregue com dois anos de atraso.
Em Boituva, além de participar, ou melhor, ter as honras de inaugurar Delegacia e UBS (Unidade Básica de Saúde), ouviu pedidos como: recuperação da estrada vicinal "Domingos Waldemar Bellucci", esperada há 30 anos; a cessão de um prédio para abrigar uma Escola Técnica Estadual (Etec). O governador anunciou ainda o investimento de aproximadamente R$ 10 milhões da Sabesp para a implantação de um sistema de esgotamento sanitário, com a finalidade de promover a limpeza do rio Sorocaba, que passa pelo município. Interessante... Mário Covas, PSDB, sob prefeitura da capital (1985-1988) ou no governo (1995 a 2001) do estado de São Paulo - juntamente com Geraldo Alckimin (então vice e que presidu Programa Estadual de Desestatização criado pela Lei Nº 9.361, de 5 de julho de 1996) declarava que Rio Tietê estaria limpo em 5 anos. Entretanto, nos períodos de chuvas torrenciais, anos após anos, apenas ficam "lama" ou vire 'lodo' e lodo só!
E um dos rios mais importante do Estado de São Paulo, Rio Tietê, permanece do mesmo modo, sendo na verdade o puro reflexo do que é nossa política, nosso governo de São Paulo.